FanFics Fórum

O Fórum fics. Todos os temas que quiseres para escreveres a tua!!
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Garotas de Sorte: a razão do Destino

Ir em baixo 
AutorMensagem
Luisa.Isis.Belle.BR
Escritor
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3
Localização : Brasil
Emprego/lazer : cantar, dançar, escrever letras para a nossa banda Midnight Rock
Famoso Favorito : Luh: Tom Kaulitz/ Isis: Georg/ Belle: Bill
Data de inscrição : 24/06/2009

MensagemAssunto: Garotas de Sorte: a razão do Destino   Qua Jun 24, 2009 6:05 am

Luisa -- Olá pessoal, vou começar o primeiro fan fic que eu e minha primas Isis e Isabelle, escrevemos, espero que gostem, não somos de Portugal somos brasileiras, temos uma banda, temos o mesmo idolo TOKIO HOTEL assim cm vcs, amamos mesmo e odiamos aqueles que os odeiam ou os criticam, sabemos cada segundo de cada video decorados e o simple e quase impossivel desejo de CONHECÊ-LOS.
O que não entenderem por estar no nosso idioma, pergunte-nos. Mas por favor leiam. :*

beijos!

Se gostarem e quiserem continuação, please fale...

------------------------------------------------ Very Happy


Personagens
Luisa: 17 anos, cabelos pretos lisos na altura dos ombros, olhos castanhos escuros tipo chocolate, magra, estatura média uns 1,65. Alegre, divertida, sarcástica, extrovertida e backing vocal e tecladista da banda Labirinto Negro. A prima de Isis, Isabelle e Iasmin. Não gosta de pessoas metidas e aproveitadoras. Tem gênio forte, por isso é tão teimosa e rebelde com algumas pessoas.
Isis: 18 anos, cabelos castanhos escuros ondulados, olhos castanhos escuros, magra, aproximadamente 1,75 m. Divertida, amigável, generosa, às vezes reservada e vocalista da banda Labirinto Negro. É a mais velha por alguns meses a mais que Luisa. Pode ser forte como pedra e agüentar qualquer coisa e se tornar mais sensível e doce, como uma flor delicada.
Isabelle: 16 anos, cabelos castanhos claros lisos, olhos castanhos claros quase mel, magra, aproximadamente 1,70 m. Engraçada, alegre, extrovertida, romântica e 2ª backing vocal e guitarrista principal da banda Labirinto Negro. Faz de tudo para ver as pessoas alegres e felizes.
Jessica: 20 anos, cabelos castanhos cacheados, olhos castanhos, magra, aproximadamente 1,60. Criativa, engraçada, amorosa e baterista da banda Labirinto Negro. Dedica-se a tudo o que faz, tanto ao amor quanto à amizade.
TH: Sem apresentações...
Começo:
Garotas de sorte
Tudo começou antes mesmo de nascerem as 4 garotas que teriam os seus sonhos realizados, o destino já traçava seus caminhos desde o início de suas vidas. Elas nunca pensaram que seria possível, mas sempre acreditaram que algo resultaria se o fizessem com fé.
Em uma tarde Isis, Luisa, Isabelle e Jessica, a banda Labirinto Negro, estavam a ensaiar no seu pequeno estúdio, e no intervalo, receberam uma ligação inesperada do seu produtor musical e tal empresário Rafael, ele deu à elas uma notícia que mudaria suas vidas por inteiro.
Rafael: “Não vão acreditar no que eu vou dizer, mas direi logo.”

Todas: “Fala”
Rafael: “Foram chamadas para gravar um cd, e vão fazer alguns shows pelo Brasil. O que acham?”
Isis: “Isso é fantástico.”
Luisa: “Incrível super inacreditável!”
Isabelle: “Oh Meu Deus, você ta brincando?!”
Jessica: “Uhuu, maravilhoso, nosso primeiro show de verdade.”
Depois de 2 anos no seu país, elas fizeram muito sucesso, aparecendo em programas na televisão, dando entrevistas e muito mais, elas foram para fora do Brasil, para abrir todo o show de Paramore na Alemanha fazendo 2 shows, e iriam ficar lá por uns meses. Até terem realmente que voltar para o Brasil ou não.
LN estavam na Alemanha há 1 mês!
No dia 2º dia na Alemanha, Iasmin foi chamada para ensinar crianças a tocar bateria por 4 dias, e Gustav da banda Tokio Hotel está presente colaborando sendo voluntário, no evento de crianças com talento. Isabelle chamou Isis e Luisa para tomar um sorvete na praça, para saírem um pouco do hotel e por coincidência do destino Bill Kaulitz estava dando autógrafos para algumas fãs durante o passeio dele.
Isis: “Isabelle! Eu e Luisa estamos indo pro hotel para nos trocarmos você vai ficar ai?”
Isabelle: “Vou ficar sim, não vou me perder depois volto pro hotel.”
Isis: “OK.”

Na praça

Bill termina de dar autógrafos, repara na única pessoa na praça que não está louca a gritar por seu nome e começa a apertar uma caneta, pensando em mil coisas, sentado no banco isolado. Isabelle continua sentada no mesmo lugar, até que finalmente repara no menino de cabelos pretos lisos arrepiados e curtos, com olhar atraente e aparência de rockeiro.
*Pensamentos de Bill*
Ela é tão bonita, talvez alguém como eu não tenha chances mesmo.
Nossa será que devo falar com ela? E se ela me desprezar, o que eu vou fazer? É tão bonita, que fico pensando nisso tudo. Será que devo pensar em frases que devo falar para ela?

Enquanto Bill pensava não reparou quem estava a sua frente, quando levantou a cabeça, viu uma mão delicada estendida e falando a ele:
- Olá, desculpe incomodá-lo, meu nome é Isabelle, pode me chamar de Isa ou Belle, do que quiser.
Bill fica com uma cara assustada, e estende sua mão trêmula.
- “B-Bill.” Diz gaguejando e Isabelle dar uma gargalhada contagiante e faz Bill sorrir com ela. Ele a chama para conversar enquanto andam pela praça.
Os dois quebram o silêncio dizendo.
- “Qual é a sua idade?” Começando a rir.
- “Eu tenho 18.” Diz Bill
-“16, vim do Brasil, e você?” diz Isabelle
-“Eu sou daqui da Alemanha mesmo.”
-“Que bom pelo menos agora tenho alguém que me mostre toda a cidade, porque estou aqui a 1 mês.”diz Isabelle rindo
Bill ri suavemente.
“Vamos comer um sanduíche?” diz Isabelle com muita alegria.
Nesse momento Isabelle nem sonhava que aquela pessoa era famosa na Alemanha, mas estava feliz de estar ali com ele.
Eles entram no restaurante e sentam-se em uma mesa mais afastada.
“O que deseja Bill?” disse a garçonete a ele, Isabelle estranha, mas não faz perguntas. Eles fazem os pedidos e ficam em silêncio por poucos minutos. Bill contou muitas piadas e riram juntos, porém o tempo dele era curto para ficar mais um pouco, eles pagaram a conta e saíram de lá. Bill segurou a mão de Isabelle e fez a seguinte pergunta.
“Quando vou poder vê-la novamente?” com sua voz suave deixou Isabelle nervosa.
“Bill, me dê seu numero que lhe farei ligações, se preferir lhe darei o meu!”
“Mas quanto tempo ficará aqui na Alemanha?” disse o Bill com tom de tristeza.
“Não se preocupe, vou ficar mais 3 meses aqui na Alemanha.”
Bill deu um sorriso tão agradável naquele momento que Isabelle sentiu que ele estava muito feliz com tudo o que tinha acontecido, trocaram de números e ele deu um delicado beijo em seu rosto. Isabelle sentiu que estava nas nuvens, segura e ainda mais feliz do que estava.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luisa.Isis.Belle.BR
Escritor
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3
Localização : Brasil
Emprego/lazer : cantar, dançar, escrever letras para a nossa banda Midnight Rock
Famoso Favorito : Luh: Tom Kaulitz/ Isis: Georg/ Belle: Bill
Data de inscrição : 24/06/2009

MensagemAssunto: Re: Garotas de Sorte: a razão do Destino   Qua Jun 24, 2009 6:34 am

Isis e Luisa indo para na boate


Isis e Luisa ficaram por quase 2 horas
escolhendo roupas para sair, depois foram pra boate e chegando lá começaram a
dançar e se animar. Georg e Tom tinham acabado de chegar, o Tom foi falar com o
DJ da festa, pedir para mudar a música, o DJ fala que as duas garotas bonitas
dançando já tinham pedido a música, então falou para ele esperar terminar a que
estava tocando. Tom olha para as duas garotas e imediatamente corre para falar
com o Georg. Georg da só uma olhada de esquerda e se levanta rapidamente, para
ir até lá falar com elas, Tom toma um susto, nunca imaginaria a reação de
Georg, e vão até lá. Luisa e Isis de primeira os ignoram, porque estavam
tentando paquerá-las dançando, até que Tom puxa Luisa e pergunta se ela não
queria dançar, ela o empurra e sai para ir até o bar chamando Isis, Georg
cutuca Tom.


“Você é doido? Como podes fazer isso com uma
garota que nem conhecesses?”


Tom havia ficado surpreso com a reação da
garota, e falou:


“Essa garota
não é daqui tenho certeza. O que ela pensa que é me tratando assim?!”


Georg cai na gargalhada.


Georg: ”Você se acha muito, finalmente uma
mulher que te despreza.”


Tom: “E você
engraçadinho em vez de rir, fale-me o que fez com aquela que estava paquerando?
Deve ter ficado com essa cara de besta sem fazer nada, não é?! Pelo menos essa
foi a única que me tratou assim, se fosse a você não seria a 1ª, não é?!”

No bar


Isis: “O que
foi Luisa, por que me puxou de volta?”


Luisa: ”Não viu aquela idiota, me puxando como
se fosse qualquer rapariga, o que ele pensa que eu sou?!


Isis cai na
gargalhada – “Veja bem, deveria ser só um rapaz desesperado precisando de uma
garota na balada, e sem querer puxou a garota mais difícil daqui de dentro,
depois de mim, é claro! Disse brincando


Luisa: “É, não é mesmo? Você deveria está
olhando para aquele cabeludo e nem prestou atenção em mim.” – as duas começaram
a rir enquanto pediam uma Pina Colada e um Long Island.


Georg: ”Tom
você deveria se acalmar sabia?” Georg disse com tom de risada


Tom: ”Não
Georg essa menina vai se arrepender do que fez comigo aqui essa noite”


Georg: ”Isso
é que acontece quando você fica acostumado com meninas bem fácies para ficar
com você por uma noite”


Tom: ”Então
por que em vez de ficar aqui me dando conselhos vai lá falar com aquela garota
que você estava de olho”


Georg: ”Sabe
que eu até tava com uma vontade de ir até lá falar com ela, mas estou com um
pouco de medo de levar um fora igual ao seu Tom”


Tom: ”Há
,Há, Há, muito sem graça viu Georg” ri ironicamente.


Georg: ”Então
vamos fazer uma aposta?”


“Ok”


Georg logo
deu uma animada em Tom


Georg: ”Vamos
fazer o seguinte, eu vou até lá falo com a menina que eu estou afim, se ela não
me der chance eu me declaro para ela, mas se ela me der uma chance você se
declara para a garota que você ta afim”


Tom: “Tá
Georg essa eu quero ver”


Os dois
foram até lá, um com mais confiança que o outro. Georg foi chegando perto de
Isis e perguntou:


“Oi gatinha
você não quer dançar comigo?”


Isis só deu
uma virada com o rosto, olhou para Georg e na mesma hora voltou para Luisa para
continuar conversando.


“kkkkkkkkkkkkkkkkkk”
Tom soltou uma risada tão alta que assustou as outras pessoas que estavam
pertos!


Georg saiu
de perto das meninas e foi até o Tom todo sem graça.


Georg: ”Tom
não posso fazer isso”


Tom: ”Você
vai fazer sim porque se eu tivesse perdido teria que me declarar.”


Georg foi
até a bancada e pegou um Martini e disse:


“Senhoras e
senhores eu gostaria de sua atenção por uns minutos, por favor.”


“Eu gostaria
de fazer um pedido para uma linda moça que está aqui conosco”


Georg
apontou para Isis, e uma luz foi em sua direção, Isis abaixou a cabeça e ficou
com muita vergonha.


Georg: ”Você
gostaria de dançar comigo?”


Tom com
muito deboche ria descontroladamente.


Luisa: ”Você
vai aceitar Isis?”


Isis: ”Não
sei, espera ai.”


Georg:
”Então queres ou não dançar comigo?”


Georg já com
muito medo, quase desistindo fez a pergunta novamente.


Isis já
estava fazendo muito suspense até que virou-se para Georg e disse:


“Sim, claro
com muito prazer”


Georg sentiu
que naquele momento, havia acontecido algo muito especial e deu um sorriso bem
grande, desceu da bancada e segurou a mão de Isis, mesmo tudo escuro ele viu
nos olhos de Isis uma felicidade muito grande.


A galera
vibrou e Georg virou para Tom e disse:


“Às vezes é
bom ser um pouco romântico, agora vai lá!”


Tom o olhou
com cara torta e foi sentar perto de Luisa, mas fingindo que não a daria
atenção, foi quando começou a falar com uma garota chamada Ann Katrin, que no
outro momento já estava sentada no colo de Tom, ele todo tempo encarando Luisa,
testando seu ciúme, mas pelo contrário Luisa nem os dava atenção, e ela
continuava no bar sentada tomando agora um dry Martini e observando as vezes os
que dançavam e as vezes Tom e sua rapariga. Tom então resolveu ir ao banheiro
deixando Ann lá, Luisa virou disfarçadamente para olhar o que Ann estava
fazendo, a viu colocar um pó suspeito na bebida de Tom, mas não teve reação.


Depois de
alguns minutos que Tom havia voltado, deu um gole na bebida e foi ficando
tonto, Ann o pediu para ir dançar, mas Luisa reparou que Ann estava com uma
amiga que tinha uma maquina fotográfica, mesmo assim não achou tão suspeito.





Georg e Isis


“Qual é o
seu nome?” perguntou Georg.


Foi mais
fácil dançar naquela hora, porque depois da declaração, o DJ pôs uma música
romântica.


“Isis e o
seu?”


“Georg”


Em passos
lentos Georg deu uma pequena encostada em Isis e começaram a dançar, mas não
durou muito tempo...


“Quer
sentar? Porque eu já dancei muito e estou bastante cansada.” Disse Isis com
muita dor nas pernas.


Georg: “Tá
claro, não quer que eu te carregue?”


Isis não
respondeu e Georg a pegou no colo levando-a para um sofá longe do bar. Sentados
ficaram conversando e Georg demonstrava está afim de Isis porque riu bastante e
fez muita graça.


“Georg, viu
o Tom? Estou procurando por ele há horas e não acho!”


Georg:
“Bill? Nossa. O que está fazendo aqui? É, hã, ah o Tom ele ta ali no bar
sentado com uma garota.”


Bill: “Ah,
então até daqui a pouco.”


Georg: “Ok”
sentou-se perto de Isis e viu que ela estava com um pouco de sono.


Georg:
“Deite aqui no meu ombro” disse com muito medo de Isis reclamar. Isis encostou
a cabeça bem devagar no ombro de Georg, dobrou as pernas deitando no sofá e
segurou no braço dele. Georg cheirou o seu cabelo e sentiu um cheiro gostoso de
chocolate. E sentiu que nunca se esqueceria daquele cheiro.


*Pensamentos do Georg*


Meu Deus
será que estou ficando apaixonado?



*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luisa.Isis.Belle.BR
Escritor
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3
Localização : Brasil
Emprego/lazer : cantar, dançar, escrever letras para a nossa banda Midnight Rock
Famoso Favorito : Luh: Tom Kaulitz/ Isis: Georg/ Belle: Bill
Data de inscrição : 24/06/2009

MensagemAssunto: Re: Garotas de Sorte: a razão do Destino   Qua Jun 24, 2009 6:36 am

A briga na boate



“TOOOOOMMMMMMM!!!!!!!!”


Bill não
poderia ficar gritando, mas virou seu lindo rosto e viu Tom tirando fotos com
uma garota e passando a mão em todo seu corpo, e rapidamente foi tirá-lo de lá,
a Ann ficou com medo de Bill brigar com ela, Bill olhou para frente e viu Luisa
chegando ao bar depressa, segurando o braço de Tom.


“Oi meu nome
é Luisa.” disse sem fôlego


“O meu é
Bill.”


Luisa: “O
que ele é pra você?”


Bill: “Meu
irmão gêmeo.”


Luisa:
“Nossa, nem parece.”


Ann: “O que
estão fazendo com ele?”


Bill: “A
pergunta certa seria, o que você fez com ele?”


Luisa: “Eu a
vi colocando um pó suspeito na bebida dele.”


Bill: “O que
você fez, sabia que eu posso lhe processar?” disse irritado para Ann Katrin


Ann: “Ela
não pode provar nada.”


Bill: “Só
sei de uma coisa, quando Tom acordar e se lembrar de seu rosto e vai ficar com
muita raiva.”


HAHA. Ann dá
uma risada debochada.


Ann: “Pra
sua informação, ele disse que me amava e que nunca iria me esquecer.”


Bill: “Com
certeza ele lhe disse isso porque estava bêbado, até pelo que sei do meu irmão
Tom ele não se apaixona por ninguém.”


Luisa:
“Bill, não se importe, vamos embora, o Tom não está bem.”


Ann: “Ele
vai me ligar.”


Luisa: “Você
irá se arrepender do que fez.”


Ann: “Essa
eu quero ver.” Disse saindo com sua amiga.


Bill colocou
Tom no banco detrás do carro, e pediu a Luisa para ajudá-lo a levar Tom, pois
não queria que ninguém soubesse daquilo, Luisa ficou sem entender, mas foi logo
ajudá-lo.


Bill viu o
carro de Georg saindo, e fez uma ligação.


No carro de Georg


Bill: “Alô,
Georg?”


“Não, Isis”


Bill: “Quem
é Isis, cadê o Georg?”


Luisa: “O
que? A Isis ta com ele?”


Bill: “O que
você conhece essa Isis?”


Luisa:
“Conheço, me passa o telefone!” disse puxando rapidamente o celular da mão de
Bill.


Luisa: “Alô,
Isis, o que você está fazendo aí?”


Isis: “Estou
muito cansada, Georg vai me levar para a casa dele, amanhã de manhã voltarei
para o hotel, queremos conversar para ficarmos mais amigos.”


Luisa: “O
que? Na casa de um estranho que você acabou de conhecer em uma balada?”


Bill ri
baixo enquanto Luisa está falando no telefone.


Bill: “Georg
não é nenhum estranho, eu o conheço, ele vai levá-la para a casa direitinho
amanhã.”


Luisa: “Que
seja então te vejo amanhã.”


Desligando a ligação.


Tom se
levanta.


“Onde
estou?”


Bill: “Tom
deite-se e quando chegarmos a casa te conto tudo o que aconteceu.”


Tom
deitou-se novamente, e suspirou profundamente. Luisa soltou uma risada baixa e
discreta.


-- Vou continuar, comentem logo então --
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
.snoopy.K7.
Escritor 1*
Escritor 1*


Feminino
Número de Mensagens : 25
Idade : 25
Localização : Portimão
Data de inscrição : 30/03/2009

MensagemAssunto: Re: Garotas de Sorte: a razão do Destino   Sex Jul 24, 2009 2:57 pm

Meninas, este forum está literalmente abadonado e completamente vazio se fosse a vocês ia para outro forum!

Eu sou moderadora num forum:
www.fanficportugal.forumeiro.com
És bastante bom.
Não tem muitas pessoas mas é fixe.
Neste momento está um pouco vazio mas espero que me ajudem-me a por com movimento outra vez!

Kiss Kiss
.snoopy.K7.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Garotas de Sorte: a razão do Destino   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Garotas de Sorte: a razão do Destino
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Uma Razão Para Viver
» Akai Ito - O fio vermelho do destino
» Poderes Mágicos do Dr. Destino (Níveis Exclusivos)
» Armadura do Dr. Destino (Níveis exclusivos)
» Capítulo 1 - Uma Razão Para Lutar

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFics Fórum :: Fórum :: FanFics :: Fanfics TOKIO HOTEL-
Ir para: